A Colônia de férias SINDESC é composta por 35 casas no total. Cada possui dois quartos, sala e cozinha juntas e um banheiro. As casas comportam 6 adultos e mais duas crianças de até 6 anos.

AREAS DE LAZER

Como recreação temos uma piscina adulto com profundidade máxima de 1,50 m e duas infantis. No espaço da piscina temos espreguiçadeiras e cadeiras. Uma cancha poliesportiva e duas churrasqueiras. Para as criança temos também dois parquinhos.

UTENSíLIOS POR CASA

5 PANELAS, 6 COPOS, 6 COLHERES, 6 GARFOS, 6 FACAS, 6 PRATOS, 1 CONCHA DE FEIJÃO, 1 ESCUMADEIRA DE ARROZ, 1 BULE, 1 SUPORTE PARA COADOR DE CAFÉ, 1 MESA, 6 CADEIRAS, 1 CHALEIRA, 1 GELADEIRA, 1 TELEVISÃO, 1 BOTIJÃO DE GÁS, 1 ARMARIO NA COZINHA, 1 TORNEIRA COZINHA, 1 FOGÃO, 1 PÁ DE LIXO, 1 LIXEIRA COZINHA, 1 LIXEIRA BANHEIRO, 1 CHUVEIRO 110V, 1 CAMA DE CASAL, 1 COLCHÃO DE CASAL, 2 BELICHES, 4 COLCHÕES DE SOLTEIRO, 1 VENTILADOR, 6 TRAVESSEIROS, 1 VASSOURA, 1 RODO, 1 TORNEIRA BANHEIRO, 1 ESPELHO BANHEIRO, 1 APARADOR DE TOALHA, 1 PANELA DE PRESSÃO, 1 JARRA DE SUCO.

COMO UTILIZAR ESSE BENEFICIO

Para ter direito a uso da Colônia de Férias o trabalhador deverá comparecer na sede do sindicato na Rua Cândido Lopes, nº. 289, 15º andar, conjunto 1521, Edifício Tijucas, Centro, Curitiba, Paraná. Munido com sua documentação: RG e CPF, carteira de trabalho, holerite atual, comprovante de residência, dos seus dependentes (esposo (a) e filho) deverá levar um documento com foto, lembrando que pai e mãe também são dependentes.

Será descontado mensalmente em seu holerite o valor de R$ 28,50 reajustado anualmente, além da contribuição assistencial, 1% do salário base.

As semanas de uso da colônia é sempre reservada de terça a quarta da outra semana, o associado pode utilizar quantos dias precisar dentro dos 7 dias.

VALORES POR RESERVA / TABELA DE VALORES

O associado irá pagar uma taxa de manutenção toda vez que utilizar a Colônia. Essa taxa servirá para utilização em reformas, pintura, compra de utensílios para as casas, custos com as piscinas e etc.

Essa taxa terá o custo de no máximo R$ 100,00, isso vai depender do período em que o associado estará se hospedando e a quantidade de pessoas que irão. O mínimo cobrado é de R$ 60,00. Conforme tabela de valores. 

Os acompanhantes que irão junto pagarão diária de no máximo R$ 30,00, dependendo também do período da hospedagem. Os dependentes do associado estarão inclusos na taxa de manutenção e não pagarão diárias. Os filhos com mais de 21 anos pagaram meia diária.

TABELA DE VALORES_page-0001

REGULAMENTO AO USO DA COLÔNIA

Para uma melhor utilização e convivência entre os associados que utilizam a Colônia de Férias SINDESC, disponibilizamos o regulamento com as normas para o uso das casas.

  • Capacidade máxima de 6 adultos na casa, excedendo apenas 2 crianças de até 6 anos;
  • O horário de retirada da chave se restringe das 8h ás 20hs, iniciando sempre na quarta-feira e findando na terça-feira;
  • A chave só será entregue ao associado ou a um dos seus dependentes com autorização expressa do sindicato;
  • Proibido a entrada de animais de estimação;
  • Desligar a geladeira da tomada 2 horas antes de realizar o check out;
  • Ao final da estadia deixar a casa limpa;
  • Qualquer dano causado pelo associado ou acompanhante durante a sua estadia na colônia, será cobrado integralmente do associado;
  • No período de utilização da colônia, o sócio poderá utilizar uma vaga de estacionamento demarcada pelo número de sua casa;
  • Fica expressamente proibida a entrada de visitantes que não estejam com o nome na autorização, em qualquer área da Colônia de Férias;
  • Proibido som alto, conforme Decreto de Lei nº 3.688/41;
  • Proibido fumar nas casas e dependências da Colônia, tais áreas estão marcadas com placas;
  • A entrada de acompanhante com o nome na autorização só será liberada após a apresentação do documento com foto, mesmo sendo dependente do associado.
  • A verificação da casa no check in e check out é obrigatória, não havendo solicite ao caseiro que faça a vistoria. Após assinatura do check list o sócio é responsável pela casa e seus utensílios;
  • Proibido colocar os pés e riscar as paredes;
  • Os pertencem pessoais são de responsabilidade do associado e seus acompanhantes. Ao sair de casa feche as portas e janelas;
  • A areia do corpo deve ser retirada nos chuveiros externos, para que não haja o entupimento dos ralos internos;
  • Não deite com as roupas molhadas ou úmidas nos colchões e travesseiros;
  • Solicitamos aos associados que cuidem do consumo de água e luz em sua estadia na Colônia;
  • Ao quebrar um utensílio comunique ao caseiro para que o mesmo faça a reposição do mesmo. O pagamento do utensílio danificado será feito na sede do sindicato em Curitiba;
  • As normas encontram-se no interiores das casas;
  • O descumprimento das cláusulas acarretará em multa acarretará em multa conforma regulamento;
  • O CASEIRO TEM AUTORIZAÇÃO IRRESTRITA DA DIRETORIA PARA FAZER-SE CUMPRIR ESTE REGULAMENTO;
NORMAS PARA USO DAS PISCINAS

Artigo 01 – NORMAS:

  1. As piscinas serão abertas de segunda – feira a domingo, no horário das 09 horas até 20 horas, exceto em dias de limpeza;
  2. A altura máxima das piscinas é de 1,50 metros;
  3. Será permitido o uso das piscinas para os associados e os acompanhantes que estiverem com o nome na autorização;
  4. É obrigatório o uso das duchas antes de entrar nas piscinas;

Artigo 02 – ACESSÓRIOS:

  1. Será permitido o acesso às áreas das piscinas somente trajando sunga de banho, shorts apropriado (conforme disposto na letra B), maiô e biquíni;
  2. Será permitida a entrada na área das piscinas vestindo shorts nas seguintes condições:

        b.1 – Se for confeccionado com material (tecido) de tactel ou náilon;

  1. Não é permitido acesso à área das piscinas portando: copos de vidro, garrafa de vidro, colchão de ar, bem como qualquer objeto estranho a utilização da área de piscinas;
  2. Serão retirados do recinto das piscinas os frequentadores que se comportarem de forma pouco condizente com a moral e os bons costumes sendo assim considerados como:

d.1 – Praticar atos que sejam contrários a higiene, que possam prejudicar a limpeza do recinto e a saúde dos usuários;

d.2 – Praticar atos com algazarras, correrias e atitudes que venham a importunar os demais usuários, incluindo rádios (som), aparelhos de TV, com exceção daqueles com o uso de fones de ouvido;

d.3 – Portar-se de maneira que, por meio de gestos, atos ou palavras, crie constrangimento ou ofenda a moral de outros usuários,

d.4 – Adentrar ou sair das ares das piscinas por sobre as cercas e grades que as delimitam;

d.5 – Fumar cigarros, charutos, cigarros eletrônicos, narguilés e afins ou consumir bebidas e alimentos fora da área delimitada principalmente nas bordas e no interior das piscinas;

Artigo 03 – COMPORTAMENTO:

  1. O associado é responsável por todos os atos dos convidados, inclusive, por danos materiais;
  2. O associado que desrespeitar estas normas estará sujeito as penalidades previstas no Estatuto do sindicato;
  3. As infrações cometidas e não previstas nesta Norma ficarão a cargo da Diretoria, que as enquadrará conforme o disposto na letra C.
  4. Por medida de segurança dos frequentadores, ficam vedadas:

d.1 – Brincadeiras que ofereçam perigo aos demais usuários tais como empurrões, jogos com bola ou outros objetos, formação de pirâmides humanas e etc;

d.2 – Adentrar na água ou permanecer na borda das piscinas portanto óculos com lente de vidro, garrafas, copos ou outros objetos de vidro ou qualquer outro material que possa por em risco a integridade física dos usuários ou provocar entupimento nos sistemas de filtragem;

d.3 – Utilização de boias, colchões de ar ou assemelhados nas piscinas com exceção das boias de braços ou boias para uso infantil;

d.4 – Permanência de crianças menores de 10 (dez) anos desacompanhadas dos pais ou responsáveis nas piscinas;

d.5 – Permanência de crianças com fraldas dentro das piscinas, bem como trocá-las em suas dependências;

d.6 – O ingresso nas piscinas imediatamente após a ingestão de alimentos ou bebias alcoólicas ou sem antes retirar o excesso da areia do corpo;

d.7 – Não acatar as determinações dos caseiros;

Artigo 04 – DA SUSPENSÃO DOS SERVIÇOS NA ÁREA DAS PISCINAS:

  1. Suspenso banho, no caso de mau tempo as piscinas serão fechadas de acordo com a determinação do SINDESC;
  2. Suspenso banho, por motivo de ordem superior: bombas d’águas com defeito, limpeza e etc., a utilização da piscina poderá ser suspensa sem prévio aviso, reabrindo no dia seguinte ou tão ligo sejam sanadas as dificuldades;

Artigo 05 – É EXPRESSAMENTE PROIBIDO:

  1. Levar à área interna das piscinas: frascos, copos de vidro, garrafas de vidro, metais, porcelana ou similares, sujeitos à quebra, que possam atentar contra a segurança dos usuários;
  2. O manuseio de materiais e utensílios, tais como: mesas, cadeiras e etc., de propriedade do SINDES por crianças, sendo que quando estas necessitarem deverão solicitar ajuda de seus responsáveis;
  3. Jogar lixo de qualquer espécie, fora dos recipientes coletores;
  4. Trafegar na área das piscinas com bicicleta, patins, skates, triciclos e etc;
  5. Praticar quaisquer tipos de brincadeiras e jogos que possam prejudicar material ou moralmente os demais frequentadores, nas piscinas, no recinto ou similares;
  6. Brincar com bolas, utilizar de câmaras de ar ou flutuadores na piscina destinada aos adultos;
  7. Fumar cigarros, charutos, cigarros eletrônicos, narguilés e levar na borda das piscinas comestíveis de qualquer espécie;
  8. A permanência nas piscinas com irritação ou doenças cutâneas (pele), no nariz, lábios ou em outro local do corpo;

Pontos de referencia